Ter uma pele bonita é um dos jeitos mais simples de ficar com uma aparência melhor. Quando nossa pele está lisa e macia, automaticamente todo nosso aspecto fica mais cuidado e bonito. Por isso damos tanto valor para o cuidado da pele.

Os sinais de envelhecimento da pele incomodam a todos, especialmente às mulheres. Felizmente, a ciência já evoluiu muito e temos métodos de combate ao envelhecimento que podem ser utilizados de diversas formas. Hoje vamos falar e tirar dúvidas sobre um desses métodos: o ácido hialurônico.

O que é o ácido hialurônico?

Ácido hialurônico é uma substância que está naturalmente presente no corpo humano. É uma molécula de açúcar responsável por atrair e reter a água, atuando como um lubrificante e absorvendo choques nas partes móveis do corpo – como as articulações.

A maior parte do ácido hialurônico encontrado no corpo está na pele, preenchendo os espaços entre as células. Ele a mantém lisa, hidratada e elástica.

Quando somos jovens, nossa pele contém muito ácido hialurônico e, por isso, é mais lisa e elástica. Com o passar dos anos, a concentração do ácido diminuiu e isso contribuiu para o surgimento de rugas e marcas de expressão.

Como ele combate o envelhecimento?

Utilizar ácido hialurônico na pele traz muitos benefícios. Tratamentos de preenchimento com a substância trazem bons resultados para sumir com rugas e linhas de expressão, mesmo que temporariamente. Do mesmo modo, ele deixa e pele lisa e hidratada, porque ajuda a reter água, mantendo a umidade natural da pele.

Produtos com ácido hialurônico também são eficazes nas camadas mais externas da pele, porque evitam a perda de água e ajudam a proteger contra  poluentes externos.

Quando é indicado?

O ácido hialurônico é indicado para tratamentos estéticos com o objetivo de melhorar o viço da pele, suavizar rugas , aumentar volumes como dos lábios e maçã do rosto e preencher sulcos e olheiras profundas. Ele é biocompatível com o organismo e proporciona um efeito natural na pele.

Quais são os tipos de tratamento?

O ácido hialurônico pode ser utilizado em mais de um tipo de tratamento, com objetivos diferentes. Veja alguns exemplos:

Preenchimento: indicado para rugas mais profundas, em regiões que perdem a elasticidade com o passar do tempo. É realizado com um gel preenchedor injetável e de concentração variável. O procedimento dura em média 20 minutos e os resultados podem durar de 8 meses a 12 meses.

Além de atenuar sulcos (como bigode chinês e pés de galinha) e rugas faciais, o preenchimento também pode ser utilizado para aumentar o volume dos lábios e das maçãs do rosto; para efeito lifting pelo método MD Codes; para preencher as depressões das têmporas; para projetar e definir melhor as sobrancelhas e para corrigir imperfeições nasais e elevar a ponta do nariz.

Tratamento de celulite e cicatrizes de acne: para tratar as celulites, uma pequena agulha é introduzida na região, anestesiada, para descolar as fibroses que mantêm a pele repuxada. A região é preenchida com o ácido. O preenchimento também pode ser utilizado para preencher regiões afundadas pelas cicatrizes de acne.

Quais são os cuidados necessários antes e depois do tratamento?

Antes de utilizar o ácido hialurônico, a paciente deve fazer exames clínicos para descartar possíveis contraindicações, tais como inflamações no local da aplicação. O uso  de filtro solar é indicado antes e depois do procedimento.

Depois do tratamento, eventualmente, podem surgir equimoses (coloração roxa na pele) , inchaço (edema) ou muito raramente reação alérgica , estas intercorrências regridem logo nos dois primeiros dias após o tratamento , seguindo as orientações e prescrição médica.

É muito importante destacar que o uso de ácido hialurônico deve ser feito sob os cuidados de um especialista. Procure por um profissional com experiência e que comprove sua especialização na área para não correr riscos desnecessários.

Para saber mais sobre técnicas de combate ao envelhecimento da pele, venha conhecer o site do Dr. Garabet!

 

Aproveite e baixe agora nosso material gratuitamente!