Fazer uma mamoplastia de aumento e colocar próteses de silicone é um desejo comum entre as mulheres. O aumento das mamas muda completamente a aparência e deixa o colo mais bonito. Por isso, essa continua sendo uma das cirurgias plásticas mais procuradas no Brasil.

Porém, muitas pacientes ficam confusas quando procuram informações sobre próteses de silicone. Isso porque existem vários tipos de prótese que podem ser utilizados na cirurgia.

Quais são os tipos de prótese mamária e qual seria o ideal para você? Descubra no texto de hoje!

Tipos de prótese de silicone

Existem vários tipos de formatos e perfis de próteses de silicone, e cada um pode dar uma aparência diferente às mamas. Quanto ao formato, temos próteses redondas ou em gota, chamadas também de anatômicas. Quanto ao perfil, temos próteses baixas, moderadas, altas e super altas.

Veja abaixo a diferença entre elas.

Formato de prótese

Redondo

Como o nome já descreve, próteses redondas são simétricas em todas as suas dimensões e, por isso, preenchem por igual todos os espaços da mama, inclusive o colo – que normalmente fica vazio. É o formato mais utilizado em cirurgias de aumento das mamas.

Anatômico

Essas próteses têm formato de gota e preenchem a parte central e inferior dos seios, dando um aspecto mais parecido com a forma original dos seios. Como o colo da mama não é preenchido, pode acentuar o caimento dos seios. Muito utilizado em pacientes que fazem a reconstrução mamária.

Projeção de prótese

A projeção – ou perfil – da prótese é definida por sua altura, ou seja, o quanto ela deixa a mama mais para frente; e pela largura de sua base, ou seja, o quanto se espalha para os lados. Confira abaixo os tipos de projeção de prótese:

Baixa

Quando a largura da base da prótese é maior do que sua altura. Ótima para quem quer uma projeção maior do colo, mas pouca para frente. Esse tipo de prótese não é muito utilizado. É indicada para pacientes de tórax largo.

Moderada

A base é um pouco larga e não há muita projeção para frente. Ideal para pacientes que desejam uma aparência moderada para as mamas.

Alta

Quando a largura da base é média, menor do que a altura. É muito procurada por pacientes com pouco volume no colo e tórax proporcional, para projetar os seios para frente sem precisar de muito preenchimento.

Super alta

A largura da base é mais estreita e a projeção para frente é maior, fazendo com que a prótese não se espalhe muito para os lados. Esse tipo é um dos mais utilizados, devido à preferência por seios grandes. Ideal para pacientes que desejam um volume maior nas mamas.

A prótese ideal para você

Como podemos ver analisando os tipos de prótese, existem formatos para todos os tipos de corpo: mulheres de tórax largo podem usar próteses baixas; quem tem tórax estreito pode preferir as próteses super altas; quem quer um preenchimento maior do colo da mama pode utilizar próteses redondas.

Mas o que de fato vai definir qual tipo de prótese de silicone será usada na cirurgia? A avaliação do cirurgião plástico. Para decidir que tipo de prótese utilizar, o cirurgião deve levar dois fatores em conta:

  • O corpo da paciente – o tamanho original de seus seios, a largura do tórax, a altura e o peso da paciente etc.;
  • O desejo da paciente para o resultado final. Você prefere um resultado mais natural, quer aumentar só um pouco os seios ou quer ter seios muito maiores do que os naturais?

Hoje em dia, o resultado mais buscado nos consultórios de cirurgia plástica é a naturalidade. Por isso, muitas mulheres estão deixando de lado a busca por próteses grandes, como era moda há alguns anos, e preferindo tamanhos, formatos e projeções mais próximos dos originais.

Sendo assim, o melhor a se fazer é confiar na opinião do cirurgião plástico. Um profissional experiente, especializado no assunto, pode escolher o que fica melhor em você, de acordo com seu corpo e suas expectativas para o resultado final.

E não se esqueça de que, qualquer que seja o tipo de prótese colocada hoje, ela precisará ser trocada em 10 anos. Quando se faz essa troca, é possível mudar também o tipo de prótese – passando, mais uma vez, pela avaliação do cirurgião plástico.

Encontrar um profissional competente para fazer sua cirurgia é o passo mais importante para garantir os resultados que você deseja, sejam eles os mais próximos possíveis do natural ou completamente diferentes do corpo que você tem agora.

Está pensando em fazer a mamoplastia de aumento? Marque uma consulta com o Dr. Garabet e tire suas dúvidas!

Quer saber mais detalhes sobre prótese de silicone? Confira aqui!