Você já ouviu falar em cirurgia íntima ou cirurgia plástica íntima? Ela é uma opção para as pessoas que não estão satisfeitas com o aspecto da sua região genital e buscam sentir-se melhor com o próprio corpo; ou então, para quem tem algum problema relacionado à saúde e envolvendo o órgão genital — dependendo do caso, há indicação médica para realizar o procedimento.

Indicações da cirurgia íntima para as mulheres

O Brasil é um dos países que mais realiza cirurgias íntimas em mulheres no mundo. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), apenas em 2016, mais de 25 mil brasileiras passaram pelo procedimento. Em geral, os objetivos são o aumento da autoestima, a melhora da relação sexual, e a preservação da saúde.

Razões estéticas ou emocionais para realizar a cirurgia íntima

  • Redução dos pequenos lábios vaginais, apenas para melhorar a aparência;
  • Rejuvenescimento vaginal;
  • Redução do prepúcio do clitóris, para que fique mais exposto e a mulher consiga sentir mais prazer;
  • E a colocação de um novo hímen, para que a mulher “volte a ser virgem”.

Razões médicas para realizar a cirurgia íntima

  • Redução dos pequenos lábios vaginais, por conta de algum desconforto durante as atividades do dia a dia ou durante as relações sexuais, ou, mesmo, após a gravidez e o parto vaginal;
  • Redução do tamanho da vagina, se observada grande frouxidão vaginal após o parto vaginal — situação que pode interferir na satisfação sexual da mulher;
  • Correção das alterações que interferem na penetração ou prazer sexual;
  • Combate da chamada bexiga caída — situação na qual ocorre uma descida da bexiga da sua posição normal — ou da incontinência urinária.

O procedimento

A idade mínima para realizar a cirurgia íntima é 18 anos. Isso porque esse tipo de procedimento só deve ser feito após os órgãos genitais terem se desenvolvido completamente.

Vale reforçar que são diversas as técnicas na hora de realizar tal cirurgia e tudo depende do objetivo do processo, bem como das características físicas e de saúde de cada paciente. Sendo assim, é essencial procurar uma instituição de sua confiança, que ofereça cirurgiões plásticos especializados no assunto.

Localizada no bairro Jardim Paulista da cidade de São Paulo (SP), a  Clínica Dr. Garabet é um espaço para cirurgia plástica que oferece ao paciente, além de profissionais bem capacitados, também, tecnologia de ponta, conforto e ambientes adequados para cada tipo de tratamento e atendimento.

A cirurgia íntima na Clínica Dr. Garabet

Na Clínica Dr. Garabet, a cirurgia íntima pode pode ser feita com sedação local ou anestesia geral. Os procedimentos mais comuns são:

  • A retirada de parte dos pequenos lábios da vagina, e a reconstrução das estruturas;
  • E a realização de um enxerto de gordura nos grandes lábios, quando estes perdem volume — ou, então a retirada de uma parte, quando se apresentam muito volumosos.

Todo o procedimento costuma durar em torno de 40 minutos a 1h — e as pacientes, em geral, têm alta no mesmo dia. Os pontos, normalmente, são absorvíveis e, desta forma, não há necessidade de serem retirados posteriormente.

O pós-operatório na Clínica Dr. Garabet

O pós-operatório da cirurgia íntima não costuma ser doloroso — geralmente, são prescritos pelo médico apenas analgésicos comuns. O inchaço e a roxidão na região operada podem durar em torno de 14 dias. Entretanto, a paciente poderá retornar ao trabalho — desde que em atividades menos intensas e sem esforços físicos — já após três dias do procedimento.

As relações sexuais, por sua vez, podem acontecer somente após 21 dias da cirurgia íntima. Quanto à higiene íntima, a indicação é de que ela seja feita com água morna e sabonete neutro. O médico, porém, pode passar outras orientações de acordo com cada caso, que devem ser seguidas à risca.

Cicatrizes e resultados 

Quanto a cicatrizes, elas costuma ficar ficam pouco perceptíveis. E em relação aos resultados, eles podem ser percebidos, de forma total e definitiva, depois de três meses da cirurgia. Contudo, desde o primeiro mês, já pode-se verificar a melhora da aparência na região.

Curiosidade

Engana-se quem pensa que a cirurgia íntima é voltada apenas para as mulheres. O procedimento costuma ser mais comum na ala feminina, entretanto, pode ser feito também nos homens. Os objetivos mais comuns, são:

  • Aumentar o tamanho do pênis;
  • Retirar o acúmulo de gordura na região pubiana, através da lipoaspiração;
  • Combater a lateralização do pênis, gerada pela doença de Peyronie — o problema trata-se do crescimento de placas que causam uma curvatura anormal do órgão genital masculino.

Mais informações

Para mais informações sobre cirurgia íntima e sobre a Clínica Dr. Garabet, acesse o site da instituição — ou entre em contato diretamente com a nossa equipe para marcar sua consulta e tirar dúvidas.

Ainda, para estar sempre atualizado sobre os procedimentos cirúrgicos mais eficientes do mercado, acompanho o blog da clínica. Nele, você encontra os mais diversos conteúdos sobre saúde e estética.

Baixe também nosso e-book “Rejuvenescimento íntimo”