Quem não gostaria de corrigir aquele “defeitinho” que incomoda no rosto? Diminuir o nariz, esconder os sinais da idade, melhorar o formato das orelhas ou simplesmente deixar a face mais harmônica? Todas essas situações são possíveis com cirurgias plásticas. A evolução da tecnologia e das técnicas médicas tornam estes procedimentos cada vez mais simples e eficientes.

Dentre as inúmeras possibilidades proporcionadas pela cirurgia plástica para o rosto, confira os principais procedimentos realizados na clínica Drº Garabet:

Diminuição da Bochecha (Bichectomia)

Cirurgia plástica do momento, a bichectomia é ideal para quem deseja afinar o rosto e diminuir as bochechas. O procedimento remove parte da gordura que se estende ao longo da lateral do rosto e cria um contorno mais definido. Além da função estética, a bichectomia é útil para quem possui pouco espaço interno na boca e, assim, morde a bochecha constantemente.

A diminuição da bochecha é um procedimento simples composto pelas seguintes etapas:

Etapa 1-  Anestesia: local com sedação ou anestesia geral;

Etapa 2 – Incisão: é realizado um pequeno corte, de até 2 centímetros, na parte interna da cavidade bucal para retirar a Bola de Bichat (o depósito de gordura);

Etapa 3 – Fechamento da incisão: é feita uma sutura com fios absorvíveis que não precisam ser retirados depois.

Apesar de ser uma cirurgia simples, ainda é importante ter alguns cuidados no pós-operatório da bichectomia:

• Fazer compressas com gelo para reduzir inchaços e hematomas;

• Evitar atividades físicas e academias,

• Não se expor ao sol pelo período de uma semana,

• Consumir apenas alimentos pastosos ou líquidos, mornos ou frios, por até 48 horas após o procedimento.

Plástica do Nariz (Rinoplastia)

Tamanho desproporcional, formato indesejado ou até mesmo problemas respiratórios são alguns dos fatores que levam à cirurgia plástica no nariz. A rinoplastia melhora a proporção nasal e a harmonia do nariz com a estrutura da face.

A cirurgia, que também corrigi dificuldades respiratórias, tem o seguinte procedimento:

Etapa 1 – Anestesia: local com sedação ou anestesia geral;

Etapa 2 – A incisão, que pode ser feita de duas maneiras: no interior do nariz ou por meio da columela (faixa de tecido que separa as narinas). Os tecidos moles que cobrem o nariz são levantados para que ele seja remodelado;

Etapa 3 – Remodelação do nariz: as estruturas nasais são aumentadas ou diminuídas com o uso de cartilagem enxertada de outras áreas do corpo como partes de cartilagem do septo e, algumas vezes, parte de cartilagem da orelha;

Etapa 4 – Correção de desvio de septo: é feita a correção e a redução das saliências do interior do nariz para melhorar a respiração;

Etapa 5 – Fechamento das incisões: depois de esculpido o nariz, a pele e o tecido nasal são acomodados e as incisões fechadas.

Para proteger as novas estruturas do nariz, logo após a cirurgia plástica, é realizado um curativo com Micropore e um plástico termo-moldável que são mantidos de 5 a 7 dias. Para uma melhor cicatrização e diminuir o edema (inchaço) porém, é importante ter cuidados no pós-operatório, como:

• Evitar alimentos quentes e sólidos nos três primeiros dias;

• Dormir com a cabeça elevada;

• Utilizar soro nasal;

• Evitar atividades de contato no primeiro mês;

• Evitar exposição ao sol no primeiro mês após a cirurgia.

Plástica das orelhas (otoplastia)

Pessoas com orelhas proeminentes, com má formação ou “de abano”, são as candidatas ideais para esta cirurgia plástica. A otoplastia é um procedimento cirúrgico que, além de corrigir o formato da orelha, diminuir o ângulo em relação ao crânio, pode também diminuir o tamanho dos lóbulos.

O procedimento é composto apenas por três etapas:

Etapa 1 – Anestesia: local com sedação ou anestesia geral;

Etapa 2 – Incisão: são imperceptíveis e geralmente realizadas atrás da orelha. Internamente, uma sutura não removível é usada para criar e fixar a cartilagem recém-moldada;

Etapa 3 – Fechamento das incisões: pontos externos são usados para fechar as incisões. Também são utilizadas malhas elásticas para manter os curativos sobre as orelhas.

A cirurgia pode durar até duas horas, variando de acordo com as alterações a serem realizadas. Os cuidados pós-operatórios são simples, porém de muita importância para uma breve recuperação:

• Usar compressas frias;

• Manter alimentação normal e equilibrada;

• Evitar alterações bruscas de temperatura e exposição à luz solar;

• Evitar dormir de lado.

Plástica das Pálpebras (Blefaroplastia)

Um olhar com aspecto de triste ou cansado é um dos grandes responsáveis pela aparência envelhecida do rosto. As pálpebras, superiores e inferiores, são as mais afetadas pela diminuição da elasticidade da pele, resultando em rugas, excesso de pele e acúmulo de gordura na região. Para resolver este problema a cirurgia plástica nas pálpebras é o ideal.

A blefaroplastia resolve não só a questão estética, mas também o aspecto funcional dos olhos com um procedimento em três passos:

Etapa 1 – Anestesia: local com sedação ou anestesia geral;

Etapa 2 – Incisão: nas pálpebras superiores, a incisão é feita na prega e na inferior abaixo da linha dos cílios, ambas com o objetivo de retirar os excessos de pele e bolsas de gordura;

Etapa 3 – Fechamento das incisões: para fechar as incisões são utilizadas suturas removíveis e adesivos;

Após a blefaroplastia, é comum que haja alguns edemas. Sendo assim:

• Usar compressas frias;

• Manter alimentação equilibrada;

• Evitar exposição à luz solar;

É importante lembrar que uma rotina saudável com alimentação balanceada e uso contínuo de protetor solar potencializam os resultados conquistados nas cirurgias. Ficou interessada sobre os procedimentos ou tem alguma dúvida? Marque uma conversa com o Dr. Garabet. O primeiro passo para realizar uma cirurgia plástica é agendar a consulta!

Confira tudo o que você precisa saber antes de ir para a cirurgia e ter os melhores resultados!!