A preocupação com o cuidado facial está na moda: em meio à popularidade dos produtos de skincare orientais e a busca por procedimentos estéticos faciais, nunca pareceu tão essencial cuidar da pele e do rosto.

Mais acessíveis e mais aceitáveis junto à população – que parece entender cada vez mais que o autocuidado é tão importante para a saúde física quanto mental, estes procedimentos estão ajudando muitas pessoas a se sentirem bem consigo mesmas – e com o mundo ao seu redor.

Mais firmeza, menos rugas, o fim das manchas, lábios mais carnudos: existem muitos tipos de procedimentos estéticos faciais à disposição para quem busca uma aparência mais jovem e natural – por isso preparamos este artigo, para analisarmos algumas das maiores tendências do setor na atualidade com você – em tratamentos, público e motivações.

Os procedimentos estéticos faciais alcançam um novo público

Uma das maiores tendências observadas é a crescente demanda por procedimentos cosméticos entre um público mais jovem.

Segundo um estudo da American Academy of Facial Plastic and Reconstructive Surgery (AAFPRS), há uma grande ênfase nos cuidados preventivos entre homens e mulheres de 20 a 30 anos.

Os resultados também apontaram que a tecnologia – tanto no consultório médico quanto em casa – desempenha um papel fundamental na confiança e adoção de novos produtos e tratamentos.

O que tem motivado a busca maior por procedimentos estéticos faciais?

As pessoas fazem cirurgia plástica por várias razões. Alguns querem parecer mais jovens. Outros procuram alterar um aspecto que nunca gostaram. Já certos pacientes fazem procedimentos reconstrutores depois de passarem por algum tratamento ou acidente.

Seja qual for a motivação, a grande verdade é que a decisão deve ser pessoal e tomada com base na opinião própria – e não por uma solicitação de terceiros.

Outra questão importante é a definição de expectativas realistas. Em tempos de Photoshop e Facetune, é difícil saber separar o que verdadeiro e o que é resultado de apps de aperfeiçoamento de imagem ou apenas maquiagem.

O paciente precisa estar consciente de que a cirurgia estética não vai mudar sua vida. Não vai resolver problemas pessoais ou fazer com que ele se pareça com outra pessoa. Mas isso pode lhe proporcionar maior autoconfiança e aumentar sua sensação de bem-estar.

Bom profissional ajuda a garantir bons resultados

Os resultados bem-sucedidos geralmente dependem, em parte, de quão bem o paciente e seu cirurgião se comunicam.

Por isso é essencial encontrar o profissional certo e certificar-se de que o paciente se sinta à vontade com o cirurgião e que este seja franco sobre seus objetivos e dúvidas sobre procedimentos estéticos faciais – o que está na moda hoje pode não ser a solução mais adequada ao seu caso. Saiba mais no próximo tópico.

Conheça os procedimentos estéticos faciais mais procurados

Os avanços tecnológicos e o surgimento de novas técnicas ampliaram ainda mais a área dos procedimentos cosméticos em todo o mundo.

Antes de conhecer melhor os tratamentos mais populares nos consultórios médicos, vale o alerta: só o profissional está capacitado a indicar o tratamento mais adequado ao seu quadro clínico e às suas expectativas.

Toxina botulínica

O tratamento com base em toxina botulínica sempre foi um dos procedimentos estéticos faciais minimamente invasivos mais famosos.

O Botox® tem como função suavizar a pele e reduzir a aparência de linhas finas e rugas no rosto. Atualmente ele também tem sido aplicado como um procedimento preventivo, para impedir que essas linhas e rugas apareçam na pele.

Lifting facial

Microcirurgias, como o Lifting Facial, oferecem uma experiência menos invasiva, que resulta em cicatrizes mínimas e efeitos excelente para seus pacientes.

As novas tendências entre os procedimentos estéticos faciais, como o lifting facial, preenchem o rosto, elevando o tecido interno do rosto de volta para as maçãs do rosto.

Outra alternativa é a harmonização facial, através do MDCODES. Perfeito para quem deseja atenuar rugas e marcas de expressão e combater a flacidez, o procedimento não cirúrgico respeita as necessidades individuais de cada paciente e garante um resultado mais natural.

Lifting dos lábios

Os preenchimentos são o procedimento cosmético mais comum para quem busca lábios mais marcantes e carnudos.

Mas existem procedimentos mais complexos, voltados para pacientes que precisam de soluções mais profundas nesta questão.

Realizado usualmente no paciente sob anestesia local, o procedimento leva menos de uma hora e reduz o espaço entre a parte inferior do nariz e a parte superior dos lábios, cortando uma tira de pele em forma de triangulo abaixo das narinas.

Microagulhamento

O microagulhamento aumenta a produção de colágeno, uma proteína essencial que ajuda a manter a pele do rosto jovem, com uma textura firme, suave e elástica.

Com o envelhecimento surge o declínio da produção de colágeno na pele, contribuindo para o surgimento das rugas e outros sinais de envelhecimento.

A pele também pode perder colágeno devido a lesões, como cicatrizes de acne, estrias ou outras cicatrizes – e o procedimento pode ajudar a reverter isso.

Blefaroplastia

A cirurgia de remodelação das pálpebras pode ser feita por razões estéticas ou para melhorar a visão em pacientes onde as pálpebras obstruem a visão. O excesso de pele ou flacidez podem causar danos à visão e contribuir para o envelhecimento precoce.

A recuperação média dessa cirurgia é de cerca de dez dias, com o inchaço se tornando menos perceptível em semanas.

Como você pode ver, existem procedimentos estéticos faciais voltados para diversas áreas e resultados. Consulte-se com um profissional para entender qual deles é a melhor solução para você.