O êxito da cirurgia plástica, seja ela qual for, não depende apenas de um bom profissional, mas também da contribuição do paciente para que o resultado seja satisfatório tanto no período pré-operatório quanto no pós-operatório.

Após a alta hospitalar a recuperação é feita em casa e o paciente deve estar consciente de como deve proceder, seja na troca do curativo, alimentação, repouso, e outros. Por isso é importante esclarecer todas as dúvidas com o cirurgião plástico para otimizar o tempo de recuperação.

Quais cuidados devo ter no pós-operatório?

  • Evitar o cigarro por até trinta dias após qualquer procedimento cirúrgico, e também durante o pré-operatório. Por atrapalhar a circulação sanguínea e o transporte de oxigênio para as células, ele atrapalha o processo de cicatrização e pode causar o risco de necrose e trombose.
  • Alimentação balanceada também é um cuidado a ser tomado após qualquer cirurgia plástica, mesmo as mais simples. O paciente deve estar bem nutrido para facilitar no processo de cicatrização e maximizar os efeitos da cirurgia. O ideal é consumir alimentos de fácil digestão e ricos em vitaminas e ferro como iogurte, carnes e frutas ricas em vitamina C. Por outro lado, é preciso evitar comer frituras, alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas, condimentos e doces ricos em açúcares.
  • Anticoagulantes e medicamentos vasodilatadores são indicados em algumas situações específicas e exigem acompanhamento médico constante por aumentarem o risco de sangramentos e do surgimento de hematomas. O uso de anticoncepcionais também deve ser evitado pelo aumento do  risco de trombose.
  • Beber bastante água e usar cremes hidratantes na região da pele onde houve a cirurgia plástica.
  • Evitar exposição ao sol e ambientes quentes. O calor é um vasodilatador, o que pode causar sangramento na região onde houve a cirurgia.  Além disso, o sol pode aumenta o inchaço e manchar a pele.
  • Trocar o curativo com o médico sempre na data marcada.
  • Evitar a prática de exercícios físicos até ordem do médico. Após este período, a recomendação é a inversa: a prática de exercícios, já que eles ajudam na manutenção dos resultados da cirurgia plástica e melhoram o contorno corporal. Dependendo do procedimento escolhido, os exercícios físicos podem até intensificar os resultados da cirurgia, prevenindo a flacidez muscular, melhorando a circulação sanguínea, e proporcionando maior elasticidade da pele.
  • Ficar em repouso para evitar que os pontos da cicatriz se abram.
  • Realizar sessões de drenagem linfática e ultrassom caso o médico indique, já que estes maximizam os efeitos da cirurgia plástica, diminuem o inchaço e qualquer outra irregularidade.
  • As mulheres que incluíram silicone nos seios, o uso do sutiã apropriado é fundamental nos primeiros trinta dias para diminuir a sensibilidade , ajudar na sustentação e manter o posicionamento das próteses.
  • Em casos onde há dores, o médico costuma prescrever analgésicos comuns para aliviá-las.

Quando devo voltar ao consultório?

Alguns sintomas durante o período pós cirúrgico pode ser consequência da própria cirurgia, e é imprescindível que o paciente converse com o médico caso sinta:

  • Febre
  • Mau cheiro
  • Dores na cicatriz
  • Mal estar geral
  • Dificuldade respiratória

Essas condições indicam que algo está errado com o organismo, e o médico pode prescrever um antibiótico correto e tomar os procedimentos indicados para que não haja nenhum problema com o paciente.

Riscos de não seguir as recomendações

Caso o paciente não siga as recomendações médicas, uma série de complicações podem ocorrer, e isso inclui:

  • Hematomas e Manchas roxas: Os hematomas são comuns na maioria das cirurgias plásticas, já que se trata de um procedimento invasivo. Só que elas tendem a permanecer no corpo ou até se expandir, caso não siga as recomendações médicas.
  • Acúmulo de líquido: conhecido também como seroma, o acúmulo de líquido se dá quando o paciente não usa a cinta indicada pelo médico, ou não realize as sessões de drenagem linfática. Isso pode causar dores e caso não seja tratado, pode causar um seroma encapsulado, o que deixa a cicatriz com um aspecto desagradável.
  • Abertura dos pontos: Se exposto ao sol, calor, ou fazendo movimentos bruscos, os pontos da cirurgia podem se romper.
  • Infecção: Como dito anteriormente, não seguir os cuidados pós operatórios  pode acarretar em infecções em torno da cicatriz.
  • Má formação das cicatrizes: Queloides e cicatrizes grossas e deformadas podem surgir, sendo determinadas pelo padrão genético de cada pessoa .

Não há o que temer

O período pós-operatório deixa muitos pacientes inseguros devido a ausência da supervisão do médico. No entanto, se todos os procedimentos forem seguidos a risca, os resultados da cirurgia plástica serão maximizados, o tempo de recuperação será menor, e as chances de complicações serão praticamente nulas. Por isso, é importante conscientizar de que os bons resultados da cirurgia dependem tanto do cirurgião, quanto do próprio paciente.

Venha conhecer o site do Dr.Garabet, um dos maiores nomes da cirurgia plástica. Tratamentos estéticos, cirurgias reparadoras e outros. Agende uma consulta!

 

Além do pós-operatório, é importante saber o melhor procedimento para o seu tipo de seio para alcançar o resultado desejado!