Termos como autoaceitação e body positivity estão se tornando cada vez mais comuns em nosso dia a dia – mas a realidade nos consultórios é que a busca por procedimentos estéticos cresce a cada dia.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), os procedimentos para fins reconstrutores ou estéticos avançaram 23% e 8%, respectivamente. Outro destaque está na popularidade dos tratamentos minimamente invasivos – como a aplicação de toxina botulínica e preenchimentos em geral: a procura aumentou cerca de 390% nos dois últimos anos.

Isso mostra uma mudança de comportamento na sociedade: os procedimentos estéticos – cirúrgicos ou não – deixaram de ser classificados como futilidade e mostram que praticar a aceitação pode englobar também mais liberdade para quem quer suavizar, encolher ou esconder um aspecto de sua aparência. Entenda melhor este novo cenário a seguir.

Por que os procedimentos estéticos estão em alta?

Os especialistas do setor apontam várias razões para esse aumento na busca por tratamentos que muitas vezes solucionam não apenas questões físicas, mas também ajudam as pessoas a fazerem as pazes com sua autoestima e garantirem mais saúde mental – confira a seguir.

A popularização das selfies

As pessoas passam muito tempo em seus smartphones, tirando selfies e acompanhando postagens em diversas plataformas de mídia social – e isso pode ser um fator motivador para o desejo por uma cirurgia plástica.

Nunca as pessoas observaram tanto sua própria imagem como nos dias atuais: com os dispositivos e plataformas móveis, acessamos centenas – ou até milhares – de fotos de nós mesmos, documentando detalhes que não agradam em nossa aparência, bem como o próprio processo de envelhecimento.

Mais aceitação

Cirurgias e procedimentos estéticos foram encarados como algo banal e fútil por boa parte da sociedade. Mas este panorama está mudando cada vez mais.

Se antigamente as pessoas escondiam seus procedimentos, ficando reclusas até que todo o inchaço e cicatrizes estivessem pouco ou nada visíveis, hoje a realidade é bem diferente.

Hoje é possível encontrar desde celebridades, influencers e pessoas anônimas compartilhando em suas redes sociais o passo a passo de sua recuperação, postando sobre o que passaram e enviando fotos para amigos que mostram o curativo no nariz ou aquele pequeno inchaço das aplicações de preenchimento.

Os homens agora são mais vistos nos consultórios médicos e se sentem mais à vontade para discutir suas opções e encontrar alternativas que ajudem a trazer mais autoestima e bem-estar.

Acessibilidade

Em algum momento de um passado não tão distante, a cirurgia plástica estética era apenas para pessoas de alto poder aquisitivo.

Hoje, é possível encontrar entre os pacientes que passam por procedimentos estéticos um público bastante diversificado: um profissional que trabalha em um escritório, uma mãe que busca recuperar a aparência física depois dos filhos, pessoas de meia idade que buscam fazer sua aparência acompanhar seus espíritos ainda jovens e cheios de disposição.

Outro ponto positivo está nas muitas opções de financiamento, empréstimos e planos de pagamento oferecidos pelos consultórios médicos.

Avanços tecnológicos

Os procedimentos estéticos estão cada vez mais seguros e confiáveis, assim como os instrumentos e produtos que os médicos agora têm à sua disposição.

Os tratamentos não cirúrgicos são uma área em rápida evolução – como a harmonização facial, os preenchimentos à base de ácido hialurônico e muito mais.

Mais benefícios para a saúde

Pode parecer que um lifting facial não tenha outros benefícios além do aspecto físico. Mas em certas circunstâncias, alguns procedimentos estéticos podem beneficiar em muito a saúde do paciente de um modo mais amplo.

O impacto e o benefício psicológico de alguns tratamentos cosméticos podem ser profundos e afetar outras áreas: o incremento na autoestima fez com que muitos pacientes se sentissem estimulados a adotar hábitos melhores – como uma alimentação mais saudável e a adoção da prática esportiva.

Já outros se viram livres de certas amarras que impactavam o convívio social – mais autoconfiantes, puderam se desenvolver mais não só do ponto de vista pessoal, mas também em suas carreiras.

A grande realidade é que, apesar de todas as mudanças nos aspectos técnicos da cirurgia estética, os desejos e motivações humanas permanecem os mesmos. Então o segredo é tomar decisões de forma segura, cercada de muita informação, sempre com o suporte de um bom profissional.

Encontrar o profissional certo é decisivo para obter bons resultados

Tão importante quanto ter expectativas realistas é encontrar o profissional certo para obter bons resultados em procedimentos estéticos.

Para facilitar essa tomada de decisão, participe de fóruns relacionados ao procedimento do seu interesse, busque profissionais de referência no setor, cheque suas informações no portal da SBCP e lembre-se que nada substitui uma consulta: é através dela que o paciente pode encontrar todas as respostas para sua dúvida, como o profissional faz o acompanhamento pós-cirúrgico e há uma boa relação entre médico e paciente.

Fazer procedimentos estéticos é uma decisão que requer total segurança e muita informação – por isso acompanhe nosso blog para saber cada vez mais sobre o tema