Quando a pele do rosto perde aquela firmeza tão característica da juventude, o lifting facial surge como uma alternativa eficaz para rejuvenescer e livrar-se da flacidez e das ruguinhas indesejadas.

A cirurgia plástica, que faz sucesso entre as mulheres acima de 40 anos, é capaz de proporcionar uma aparência até 15 anos mais jovem sem deixar o rosto com um aspecto repuxado ou artificial.

Para que isso aconteça, o cirurgião plástico faz pequenas incisões no couro cabeludo e próximo das orelhas para retirar o excesso de pele e reposicionar os músculos da face, eliminando rugas, vincos e flacidez.

A cirurgia plástica é especialmente indicada para mulheres que não estão satisfeitas com os efeitos da passagem do tempo sobre o rosto e apresentam sinais como rugas e linhas de expressão profundas, bochechas flácidas, vincos entre o nariz e a boca, também chamados de “bigode chinês”, e a temida papada.

Apesar de muito eficaz, o lifting facial não exige internação prolongada. Em geral, poucas horas após a realização, a paciente é liberada para ir para casa. No entanto, é muito importante estar atenta aos cuidados pós-operatórios para garantir uma recuperação mais rápida e resultados duradouros. Conheça nossas dicas!

Lifting facial: saiba como funciona o pós-operatório

Os primeiros dias

É absolutamente normal ficar com o rosto bastante inchado e com manchas arroxeadas nos primeiros dias após o lifting facial. Esses sintomas atingirão seu pico máximo nos 2 dias subsequentes ao procedimento, e diminuem a partir daí.

Por isso, procure fazer repouso absoluto nos 5 dias que sucedem a realização do lifting facial mantendo a cabeça sempre elevada, inclusive na hora de dormir.

Dores ou desconfortos deverão aparecer em intensidade moderada nas primeiras 48 horas e vão diminuindo de intensidade gradativamente. Se necessário, o cirurgião plástico poderá prescrever analgésicos para amenizar os sintomas. Caso você sinta dor severa e que não regride após esse período, é importante avisar o médico.

Também é bastante comum que o cirurgião plástico recomende a realização de compressas com água fria para aliviar o inchaço na região, bem como uma alimentação leve e hidratação constante. É importante ter um cuidado especial com os curativos, que devem ser mantidos constantemente limpos e secos.

Além da bandagem e dos curativos, a paciente deverá deixar a cirurgia também com um dreno, utilizado para remover o excesso de líquidos que podem acumular nesse período, e que costuma ser retirado entre 2 e 7 dias após a cirurgia.

A partir desse período, quando são removidas também as suturas e curativos, a paciente está liberada para fazer uso de hidratantes hipoalergênicos e deverá iniciar as sessões de drenagens faciais, que têm como objetivo diminuir o inchaço e acelerar a recuperação.

Exposição ao sol

A paciente deverá evitar se expor ao sol e à luzes fortes durante todo o período de recuperação, que dura cerca de 2 meses. O uso de óculos escuros, protetor solar e chapéu durante o dia é fundamental para evitar manchas, acelerar o processo de cicatrização e a reabsorção do inchaço.

Embora o uso desses elementos seja recomendado ao longo de toda a vida para retardar os efeitos do envelhecimento e prevenir o surgimento de doenças como o câncer de pele, ele é fundamental nos 3 meses que sucedem a realização da cirurgia plástica.

Retorno à rotina

A rotina normal da paciente poderá ser retomada a partir do início da terceira semana após a realização do lifting facial, período no qual ela será liberada, por exemplo, para voltar a utilizar maquiagem, tingir o cabelo, realizar atividades físicas e, se for o caso, voltar a fumar, ainda que o hábito não seja recomendado.

Resultados finais

Embora os primeiros resultados possam começar a ser notados a partir de 15 dias após a realização do lifting facial, quando o inchaço começa a regredir consideravelmente, o aspecto final só poderá ser observado 2 meses após a realização da cirurgia plástica.

Como você pode ver, o lifting facial é altamente eficaz para pacientes que estão descontentes com os efeitos da passagem do tempo na pele do rosto e querem eliminar vincos, rugas e flacidez sem perder o aspecto natural da face.

No entanto, para garantir o sucesso do procedimento, além de escolher um cirurgião plástico altamente qualificado e com experiência na técnica, é preciso tomar alguns cuidados especiais no pós-operatório.

Se você quiser saber mais sobre o lifiting facial, entre em contato agora mesmo com a Clínica Dr. Garabet! Será um prazer atendê-la!