Com o passar dos anos, elas começam a surgir para todo mundo: nós envelhecemos, a pele perde um pouco de sua elasticidade e as rugas e linhas de expressão começam a aparecer. Mesmo que esse seja o pesadelo de muitas pessoas, é importante ressaltar que rugas não são um sinal de falta de saúde ou beleza – afinal, elas aparecem em todo mundo, mais cedo ou mais tarde.

Nesse caso, todos preferimos que seja mais tarde e que as rugas possam ser amenizadas. A boa notícia é essa: é possível prevenir o envelhecimento precoce da pele, retardando o surgimento das rugas, e ainda minimizar aquelas que já estão na nossa pele. Veja abaixo como fazer isso e tire suas dúvidas sobre esse assunto!

Como surgem as rugas?

Sabemos que as rugas surgem, normalmente, na medida em que envelhecemos. Porém, não é simplesmente o envelhecimento que influencia no surgimento dessas marcas. Alguns outros fatores podem acelerar esse processo, como a exposição excessiva ao sol, alimentação inadequada, estresse e muita exposição à poluição. Esses últimos fatores afetam a liberação de radicais livres, o que ajuda no surgimento de rugas.

Além disso, elas também aparecem por conta do ressecamento da pele, perda de gordura do tecido celular subcutâneo e mesmo contração muscular exagerada. Apesar de a velocidade desse processo ser diferente em cada pessoa, porque depende da predisposição genética e dos fatores ambientais, normalmente essas marcas começam a aparecer após os 30 anos.

Como prevenir o surgimento de rugas?

Ainda que não seja possível prevenir completamente o surgimento das rugas, você ainda pode fazer o melhor para que elas surjam mais tarde e para que não sejam tão profundas. Esses são alguns cuidados que qualquer um pode tomar para ter uma pele mais elástica, firme e hidratada por mais tempo:

  • Beba bastante água. Seu organismo precisa estar hidratado – e isso inclui a sua pele. O recomendado é de pelo menor 2 litros por dia.
  • Evite o consumo de bebidas alcóolicas, que desidratam o organismo e impedem a absorção de alguns nutrientes.
  • Não fume. O cigarro pode causar o surgimento de rugas, especialmente ao redor da boca.
  • Tenha uma dieta equilibrada e tende incluir, principalmente, alimentos ricos em vitamina C, betacaroteno e licopeno. Esses alimentos contêm antioxidantes que evitam o envelhecimento precoce.
  • Use filtro solar mesmo nos dias nublados ou chuvosos. A exposição ao sol envelhece a pele, mesmo com proteção. Procure pegar sol nos horários em que ele não está tão forte. Evite também o bronzeamento artificial.
  • Tenha uma rotina de cuidados com a pele. Limpe, tonifique e hidrate diariamente, além de esfoliar uma ou duas vezes por semana para incentivar a renovação celular. Sua pele está constantemente exposta ao sol, vento, frio e poluição, então ela precisa ser cuidada.
  • Remova a maquiagem antes de dormir para desobstruir os poros e deixar a pele limpa. Dormir maquiada não só envelhece, mas também causa acne.
  • Use produtos específicos para a sua pele – e para a sua faixa etária. Muitos hidratantes anti-idade são específicos para a faixa dos 20, 30, 40 anos, com substâncias específicas para cada idade.

Além disso, consulte periodicamente um médico. Ele saberá dizer do que sua pele precisa e qual é a melhor forma de cuidá-la.

Qual é a melhor forma de minimizar as rugas?

Se você já tem algumas rugas aparente, não se desespere: existem algumas formas de minimizá-las e deixar sua pele mais bonita e uniforme. Esses são alguns dos tratamentos possíveis:

Cremes: já existem muitos cremes no mercado que ajudam a dar uma aparência mais firme para a pele, disfarçando rugas pequenas. Talvez sejam uma boa opção para quem deseja esconder as rugas temporariamente.

Toxina botulínica: a aplicação de Botox diminui a contração excessiva do músculo, para que a área não se movimente tanto e não fique marcada. É o método mais popular para minimizar as rugas.

Preenchimento com ácido hialurônico: outro método popular, o ácido hialurônico é uma substância existente na pele, que vai se perdendo ao longo do tempo. Quando aplicado, ele estimula a produção de colágeno, que devolve a firmeza da pele.

Mas para fazer qualquer um desses tratamentos, é essencial se lembrar de dois aspectos. O primeiro é a necessidade do acompanhamento de um especialista qualificado e experiente. Pode ser um dermatologista ou um cirurgião plástico, mas é importante que ele seja credenciado e que tenha muito conhecimento sobre esse tipo de procedimento.

Quer saber mais sobre tratamentos para a pele? Venha conhecer as opções no site do Dr. Garabet!

 

As pálpebras também sofrem com o envelhecimento.
Veja como rejuvenescer seu olhar!